Dear visitor,

You have selected our website for Portugal - Portuguese from United States - English. You would like to stay on this website?

A exploração ótima dos recursos

A exploração ótima dos recursos
Na EGGER, a utilização da madeira é otimizada. A fim de explorar o melhor possível o potencial que a madeira encerra, optámos por uma utilização “em cascata” desta matéria-prima.

A regra: a valorização enquanto material antes da valorização térmica.

Da produção de madeira maciça em serração ao fabrico de produtos derivados da madeira, o material madeira é completamente valorizado. Todos os subprodutos provenientes da nossa produção são explorados nas nossas próprias fábricas segundo os nossos processos de revalorização, e desta forma fornecem sempre um valor acrescido.

É somente quando a utilização enquanto material já não é possível que os subprodutos e a biomassa servem para a produção de calor e eletricidade.

Transferências

Saiba tudo sobre sustentabilidade, conservação de recursos, avaliação de desempenho ambiental, rótulos ambientais e certificação de construção

Ir para a brochura Ambiente (PDF/Espanhol)



Proteção climática ativa

Proteção climática ativa: uso direcionado de madeira e prevenção de emissões

Múltiplo uso de madeira em toda a cadeia de valor da madeira - isto é particularmente benéfico tanto economicamente quanto ecologicamente, portanto, mais favorável para o balanço de gases de efeito estufa.

"Durante o projeto, calculou-se que o aumento da utilização em cascata de madeira é mais favorável a longo prazo para o balanço de gases de efeito estufa do que o aumento do uso imediato de madeira para geração de energia. Um ciclo de vida longo de produtos de madeira é particularmente importante neste respeito"
(Dr. Peter Schwarzbauer, BOKU)

O comunicado de imprensa sobre o estudo:

Biomassa: Melhor avaliação do desempenho ambiental no caso de cascata de utilização

Biomassa: Melhor avaliação do desempenho ambiental no caso de cascata de utilização

Se matérias-primas renováveis ​​são usadas antes da conversão energética, os recursos fósseis são economizados, as emissões de gases de efeito estufa são menores e a criação de valor aumenta.
Como tal, a madeira deve ter uma cadeia de valor mais longa, primeiro como material de construção ou para a indústria de materiais derivados de madeira, e depois, por exemplo, para móveis, e só depois como aglomerados de madeira para geração de energia.
Esse uso em cascata deve ser o foco de uma estratégia de longo prazo para utilização eficiente de recursos e de biomassa sustentável.
Política de inovação ecológica - Maior eficiência dos recursos e proteção do clima através do uso sustentável de materiais de biomassa
Resumo do estudo:
Comunicados de imprensa de institutos de pesquisa: